terça-feira, Outubro 02, 2007

Consequências da emigração

Há sempre alturas na vida de um emigrante em que um gajo olha para trás e fica com dúvidas relativamente à decisão que tomou em sair do país.

Principalmente quando acontecem determinadas coisas que um gajo tem quase a certeza que não aconteceriam se estivesse em Portugal.

É assim que me sinto neste momento...

2 comentários:

wednesday disse...

Só se fosses comendador da UNICER... Eu sei que é difícil ir para fora, o nosso país tem muitos defeitos mas nós somos mesmo muito patriotas e temos cá as nossas tradições, família e amigos, sol e comida e café! Mas outras vezes ficamos só de rastos com um governo que parece que quer acabar com a vida inteligente neste país.

Kabe Ludo disse...

A coisa resolvia-se facilmente...era NÂO fecharem a unidade de Loulé e começarem a dedicar 100% da produção para o mercado espanhol...com a quantidade (e qualidade) de tugas que por tierras de nostros coños trabalham, certamente teriam de contratar mais mão de obra para dar resposta à procura...penso eu de que.